Será que carro blindado é realmente seguro?

Postado por: Ericson Cardoso

Diversos testes comprovam a eficácia e mostram se vale a pena ter um.

Legenda da imagem: Vidro à prova de balas após o teste

 

Ao comprar um carro blindado ou mandar blindar o seu, todos os materiais utilizados já foram testados e homologados por orgãos responsáveis, como o exército. Testes com rigoroso controle de qualidade garantem que você receba um carro realmente seguro.

Depois de desmontado, blindado e remontado, o veículo passa por diferentes avaliações. Uma delas se chama “teste de tempestade”, realizado em uma área fechada com chuveiros que simulam tormentas para verificar se há algum vazamento e a necessidade de qualquer reparo.

O teste mais importante é o de balística, no qual diferentes tipos de armas são utilizados para a comprovar a resistência dos produtos de acordo com o nível determinado. No Brasil, a maioria dos carros de passeio que seguem o Nível III A, que oferece a melhor proteção autorizada para os cidadãos.

Os vidros blindados, por exemplo, possuem normas que regem os níveis de proteção de acordo com a norma ABNT NBR 15000. O procedimento de avaliação exige que uma peça de Nível III A resista a cinco disparos equidistantes, sem que o projétil atravesse o conjunto balístico.

As empresas de blindagem investem muito para oferecer produtos cada vez mais seguros contra uma variedade maior de tipos de armamentos, acompanhando as novas tecnologias dos veículos.

Sendo assim, antes de comprar um carro blindado ou blindar o seu, busque uma empresa idônea que cumpra todos os padrões de segurança exigidos.

 

Curiosidade: quanto mais de perto o tiro for dado, mais seguro para quem está dentro do carro e pior para quem está atirando, porque receberá muitos estilhaços.